Dias atrás finalmente recebemos uma boa notícia em meio a tantas ruins! O governo vai dar seiscentos reais para cada trabalhador que está sem trabalho! Isso é uma grande benção!!

Mas essa notícia trouxe outra um tanto triste: mais uma vez o brasileiro mostrou seu caráter. E não estou falando agora de um engravatado que desviou uma verba pública para se apropriar indevidamente de milhares de reais. Estou falando de pessoas comuns, como eu e você, que invariavelmente criticam aqueles políticos corruptos!

Com um certo amargor na boca, tenho lido que muitos tem tentado burlar o sistema para receber os R$ 600,00. São homens ou mulheres que tem uma renda informal, não declarada, e por isso decidem se inscrever para receber o auxílio emergencial. Eles não necessitam, mas querem. Talvez até necessitem, mas não têm direito, e se inscrevem do mesmo jeito.

Li sobre mulheres que vivem junto com seus companheiros, mas não são casadas de papel passado, então se declaram mães solteiras para ter direito ao valor dobrado. Que vergonha!

Uma vez um homem foi conversar com um sábio. Ele estava passando por um momento de muita necessidade: seus filhos estavam passando fome em casa, e não aparecia nenhuma oportunidade de trabalho. Ele precisava de alguns conselhos. Quando chegou, o sábio logo fez uma pergunta: “Imagine uma situação na qual você precisasse mentir para receber 10 milhões de dólares, e você tivesse a certeza que essa mentira não iria prejudicar ninguém. Sua mentira não causaria nenhum dano, e você nunca seria descoberto. Você mentiria para receber os 10 milhões?”

Aquele homem pensou bastante. E para ter certeza, perguntou: “Não prejudicaria ninguém?” “Não!” – o sábio respondeu. “Não estaria roubando esse dinheiro de outra pessoa? Nunca ninguém descobriria? Tem certeza?” – insistiu. “Não, ninguém nunca nem desconfiaria.” – respondeu mais uma vez o sábio. Depois de muito pensar, aquele homem respondeu: “Sim, eu mentiria.”

Então o sábio mudou a pergunta: “Ok, e considerando a mesma situação, você mentiria por 600 reais?”

O homem então ficou bravo e gritou: “Ei, claro que não! O que está pensando que sou?”

E o sábio respondeu calmamente: “Eu já sei o que você é. Estou apenas tentando estabelecer o seu preço!”

Pense comigo agora: qual é a diferença de alguém que mente, engana, subverte o sistema para roubar milhões e alguém que mente para roubar 600 reais? Nenhuma diferença. O caráter de ambos é o mesmo!

Provavelmente as pessoas que mentem por 600 reais, se estivessem no lugar do deputado que embolsa milhões faria o mesmo que ele.

A verdade é que ovelhas não elegem lobos. Quem elege lobos são os próprios lobos. Os políticos corruptos que estão ocupando cargos no governo estão lá hoje, mas não caíram de paraquedas vindos de um mundo paralelo. Eles saíram do meio de nós!

O que precisa acontecer no Brasil, tem que começar aqui em Ijuí, tem que começar aí na sua casa, tem que começar com a sua vida.

A honestidade, o amor ao próximo, a fidelidade, a generosidade, o cuidado… são valores que eu e você precisamos praticar agora. Mesmo quando há chances de dar um jeitinho para se dar bem.
A Bíblia vai dizer nos evangelhos que aquele que é fiel no pouco será fiel no muito.

Comece devolvendo os 600 reais para o banco. Comece chegando no horário no trabalho. Talvez trabalhar mais para pagar aquele dia que você não trabalhou e arranjou um atestado falso.

Queremos que o Brasil mude, mas não queremos mudar. A mudança precisa acontecer primeiro na sua vida!

Que Deus o abençoe nessa escolha!

Ricardo Lebedenco
Professor na FBP e Pastor na PIB em Ijuí.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Share This
× Nos chame no Whatsapp