O livro de 1 Reis 18. 41 – 46, relata a história de Elias e seu enfrentamento com falsos profetas, mostra que este homem foi um servo fiel a Deus. Este episódio revela que enquanto Acabe conduziu o povo de Israel à idolatria e adoração a deuses falsos, como Baal, Elias foi o profeta que conduziu o povo à fidelidade e à adoração ao Senhor. Baal era adorado como o deus da fertilidade responsável pelo envio das chuvas e colheitas, mas ironicamente o texto mostra que enquanto este deus era reverenciado foi exatamente isto que faltou, ou seja, a chuva. Em meio a um contexto no qual a verdadeira adoração a Deus estava prestes a acabar Elias foi usado como um exemplo de fé no Deus verdadeiro e com ousadia desafiou o povo a voltar-se a este Deus. Para isso ele foi revestido de poder e coragem, por isso confrontou o próprio rei Acabe e seus 850 falsos profetas, diante de toda nação. Quando lemos o texto de Deuteronômio capítulo 11 vemos que para o povo receber as chuvas deveriam manter-se fiéis a Deus, pois tudo pertencia a Deus inclusive a terra e se esta fosse contaminada, com a adoração a ídolos, Deus não derramaria a benção da chuva.

Para ser exemplo Elias precisou ser fiel ao seu Deus e assim Ele mesmo o conduziu nos anos de lutas quando a chuva faltou. Elias soube demonstrar que quando há fidelidade a Deus, Ele mesmo provê aquilo que é necessário para sobrevivência. Por três anos a nação infiel sofreu e nesse tempo Elias foi carregado e sustentado por Deus. O exemplo de fidelidade de Elias também serviu para que os falsos profetas fossem desmascarados diante de todos e por outro lado serviu para que o ministério de Elias fosse aprovado diante de todos. Quando os servos de Deus estão dispostos a enfrentar as dificuldades sendo exemplo ao próximo, não importa o que aconteça o próprio Deus age derramando seu poder em favor dos seus seguidores. É necessário que olhemos para Elias e compreendamos que para ser exemplo é preciso ter persistência, pois não foram poucos dias que Elias andou como fugitivo, mas foram anos. No final houve a recompensa, Baal foi desmascarado e o Deus de Elias mostrou-se vivo e foi reconhecido como verdadeiro.

Certamente nosso desafio como servos de Cristo é sermos fiéis a Ele e quando isso for real o mundo entenderá quem é o Deus verdadeiro!!

Marivete Zanoni Kunz
Professora na Faculdade Batista Pioneira

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Share This
× Nos chame no Whatsapp